quarta-feira, 29 de março de 2017

Precisamos de um advogado colaborador

Prezados sócios e interessados na BAR.

Estamos precisando de um advogado para conferir o estatuto da BAR e subscrevê-lo, com o seu nome e número de registro na OAB.

Temos dois orçamentos por R$ 2.200 e 1.000.

Mas como ainda não começamos a cobrar contribuições dos sócios, o que só iniciará em maio, não temos recursos para pagar um advogado.

Assim, se alguém tiver algum amigo ou parente advogado e conseguir o apoio dele, ficaríamos muito agradecidos. Além disso, o nome do advogado ficará na história da BAR por acompanhar o seu estatuto.

Contato sobre isso pode ser feito através do e-mail minifoguete@gmail.com

Festival 2017 [40]: ainda há vagas para os minicursos

Após a fase inicial de inscrições nos 5 minicursos do IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017), que foi até o dia 15 de março, ainda estão disponíveis as seguintes vagas:
  • Minicurso "Teste estático e análise de motor-foguete de espaçomodelo": 12 vagas
  • Minicurso "Estabilidade de minifoguetes": 20 vagas
  • Minicurso "Cálculo do coeficiente de arrasto de minifoguetes": 19 vagas
  • Minicurso "Cálculo e otimização da trajetória de minifoguetes": 12 vagas
  • Minicurso "Uso e análise de resultados de altímetros de bordo de minifoguetes": 28 vagas
Portanto, foram aceitos todos os pedidos de vagas já feitos pelas equipes.

Estas vagas restantes serão preenchidas a partir de agora na ordem cronológica da chegada de novas inscrições até o dia 5 de abril.

Poderão solicitar estas vagas restantes:
  1. as equipes que não fizeram inscrição até 15 de março,
  2. e as equipes que fizeram inscrição até 15 de março mas querem pedir mais vagas; neste caso, enviar um novo pedido de inscrição com o total de vagas desejado em cada minicurso.
O formulário de inscrição está disponível em
https://drive.google.com/file/d/0BxCmSuIXDboDYU9uMjVQRUpkSXc/view?usp=sharing

Lembrando: o novo prazo de inscrição é 5 de abril de 2017.

O valor da taxa de inscrição de cada minicurso é mencionado no formulário.

O objetivo principal dos minicursos é difundir às equipes participantes e espectadores do evento conhecimentos básicos e aplicativos usados no projeto de minifoguetes, realizar e analisar testes estáticos de motores e analisar voos reais de minifoguetes.

A partir de 6 de abril será confirmado o valor que cada equipe deverá pagar pelos minicursos, cobrando-se junto com a inscrição dos minifoguetes e pendências eventuais que ainda existam.

IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017) ocorrerá no Centro Politécnico (cidade de Curitiba) e na Fazenda Canguiri da UFPR (cidade de Pinhais).


Informações sobre o IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017) estão disponíveis em

sábado, 18 de março de 2017

Cadastre-se como sócio da BAR

Continua aberto o cadastro de sócio da BAR através do formulário disponível em

http://goo.gl/forms/KcgYNxKHqcNLTUSD2

Quem deve fazer este cadastro?
  • Todas as pessoas que já manifestaram interesse em integrar a BAR no dia 24 de abril durante o Festival de Minifoguetes de Curitiba
  • Todas as pessoas que já manifestaram interesse em integrar a BAR por e-mail
  • Outras pessoas que tenham interesse em integrar a BAR
No momento, não é necessário pagar nenhuma taxa de inscrição ou cadastro.

Após a aprovação do Estatuto da BAR, que deverá ocorrer em 1 de maio de 2017, será iniciada a cobrança de uma taxa semestral ou anual, conforme for definido no Estatuto. Quem discordar do valor da taxa, não precisará pagá-la e será automaticamente desligado da BAR.

A Associação continua aberta a todas pessoas com interesse em minifoguetes. Para se tornar sócio basta fazer o cadastro disponível no link acima.

Para esclarecer dúvidas entre em contato através do e-mail minifoguete@gmail.com

Grato

Atenciosamente,

Carlos Henrique Marchi
Associação Brasileira de Minifoguetes (ABmF)
Brazilian Association of Rocketry (BAR)


Lista de pessoas já cadastradas na BAR:


Equipes e grupos de foguetes já cadastrados

Continua aberto o cadastro de equipes e grupos de foguetes brasileiros na BAR através do formulário disponível em

http://goo.gl/forms/BlzFQqf34LxXBGHB2

Atenção: apenas um representante ou o líder de cada equipe ou grupo de foguetes deve preencher o formulário para efetuar o cadastro.

Por que fazer este cadastro? Porque ele ajudará a BAR a conhecer a atual situação das equipes e grupos que desenvolvem atividades com minifoguetes/espaçomodelos no Brasil. Isso facilitará a busca de patrocínios pela BAR para perseguir seus objetivos. Também facilitará o contato da BAR com as equipes/grupos para troca de informações e convite visando participar de suas atividades e eventos.

Não é necessário pagar nenhuma taxa de inscrição ou cadastro da equipe/grupo.

Para esclarecer dúvidas entre em contato através do e-mail minifoguete@gmail.com

Grato

Atenciosamente,

Carlos Henrique Marchi
Associação Brasileira de Minifoguetes (ABmF)
Brazilian Association of Rocketry (BAR)

As equipes e grupos de foguetes que já fizeram o cadastro são:

domingo, 12 de março de 2017

Boletim AEROESPAÇONÁUTICA será reativado

O Boletim AEROESPAÇONÁUTICA (AEN) foi lançado em outubro de 1988 através da ABAEE (Associação Brasileira de Atividades Educativas Espaciais). Ele teve 12 números em três volumes. O último número foi publicado em dezembro de 1991. Seu objetivo era divulgar as pesquisas científicas e tecnológicas com minifoguetes desenvolvidas por pessoas e grupos brasileiros.


Capa do Boletim Aeroespaçonáutica número 1.
Página 2 do Boletim Aeroespaçonáutica número 1.

Capa do Boletim Aeroespaçonáutica número 12.

A palavra Aeroespaçonáutica foi incluída em 1995 no Dicionário Enciclopédico de Astronomia e Astronáutica do astrônomo Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, que era assinante do Boletim AEN e conhecia a ABAEE.

Atualmente a palavra Aeroespaçonáutica integra o Dicionário Aurélio com o seguinte significado: parte da ciência que estuda os minifoguetes.



Capa do dicionário do astrônomo Mourão.

Dados sobre o dicionário do astrônomo Mourão.

Verbete AEROESPAÇONÁUTICA no dicionário do astrônomo Mourão; início.


Verbete AEROESPAÇONÁUTICA no dicionário do astrônomo Mourão; fim.



Capa do dicionário Aurélio.

Verbete AEROESPAÇONÁUTICA no dicionário Aurélio.


Boletim AEROESPAÇONÁUTICA (AEN) será reativado em breve através da Associação Brasileira de Minifoguetes (BAR).

Para essa nova fase, quem tiver interesse em colaborar deverá enviar um e-mail para minifoguete@gmail.com até o dia 31 de março de 2017, informando como pretende colaborar com este boletim.

As formas de colaboração podem ser:
a) Editor Associado de área
b) Revisor de artigo
c) Ajudar na edição
d) Outra, explicar

Em todos os casos, enviar curriculum vitae para minifoguete@gmail.com destacando as atividades sobre minifoguetes.
Para ser revisor, será exigido no mínimo que a pessoa esteja cursando graduação em área pertinente.
Para ser editor associado de área, será exigido no mínimo que a pessoa seja graduada em área pertinente.

No momento, as áreas sobre MINIFOGUETES que o boletim deverá envolver são as seguintes:
1) Propulsão
2) Aerodinâmica
3) Trajetória
4) Instrumentação
5) Materiais
6) Estabilidade
7) História

Temas de trabalhos que podem ser submetidos (enviados) ao Boletim AEN:

  • Descrição e resultados obtidos com minifoguete recordista.
  • Descrição e resultados obtidos com minifoguete experimental que tenha alguma inovação ou que tenha atingido apogeu de 300 metros ou superior.
  • Descrição de motor-foguete e resultados obtidos.
  • Descrição e resultados obtidos com propelente para minifoguetes.
  • Descrição e resultados obtidos com instrumentos para minifoguetes: altímetros, localizadores etc.
  • Descrição e resultados obtidos com sistemas de recuperação, rampas de lançamento, sistemas de ignição etc.
  • Análise de motor-foguete comercial para minifoguete.
  • Análise de minifoguete comercial.
  • Proposição de novas teorias ou já existentes aplicáveis a minifoguetes.
  • História em nível mundial e brasileira do foguetemodelismo/espaçomodelismo/minifoguetes.
  • História/apresentação de grupo/equipe de foguetes brasileiro.
  • Biografias sobre pessoas que contribuíram para a Aeroespaçonáutica.
  • Divulgação de livros, sites, eventos, instrumentos, fornecedores de materiais e serviços para minifoguetes etc.
  • Aplicativos computacionais para minifoguetes.
  • Qualquer outra tema não descrito acima que tem relação com minifoguetes.


Funcionamento do Boletim AEN:

  1. O autor submete (envia) o seu trabalho ao boletim.
  2. O editor-chefe do boletim analisa a pertinência do trabalho, define o editor de área e repassa o trabalho.
  3. O editor de área define um revisor anônimo.
  4. O editor de área e o revisor anônimo analisam o trabalho e emitem um parecer.
  5. O editor-chefe informa ao autor o resultado da avaliação e a decisão sobre a publicação ou não do trabalho.
  6. Sendo necessário, o autor realizada modificações solicitadas pelo editor e revisor.
  7. A versão final aceita do trabalho é publicada.


Informações gerais:

  • Qualquer pessoa ou grupo de foguetes poderá submeter (enviar) trabalhos ao Boletim AEN, sem qualquer restrição.
  • Não há qualquer taxa para submeter e publicar o trabalho no Boletim AEN.
  • Todos os colaboradores e autores atuarão de forma voluntária.
  • Os autores autorizam a divulgação do trabalho pelo Boletim AEN.
  • Os autores mantém os direitos autorais.
  • Os trabalhos publicados no Boletim AEN poderão ser republicados em periódicos científicos indexados e em eventos.
  • O formato do trabalho é livre.
  • A publicação será apenas digital.
  • Recomenda-se incluir fotos, gráficos e tabelas nos trabalhos. Fotos, gráficos e tabelas adicionais, bem como textos e vídeos poderão ser incluídos como anexos ao trabalho. 


Todas as informações acima sobre o Boletim AEN são propostas. Assim, outras ideias e sugestões poderão ser feitas através do e-mail minifoguete@gmail.com.

As submissões já estão abertas. Portanto, quem tiver interesse em publicar no Boletim AEN, já pode enviar seu trabalho para minifoguete@gmail.com

sábado, 11 de março de 2017

Festival 2017 [39]: EPI e trajes

Em todos as sessões de lançamentos do IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017), para sua segurança e bem estar, recomendamos que cada participante:
  • Use capacete de proteção
  • Use protetor solar com fator mínimo 30 
  • Traga lanche e água 
  • Use óculos de segurança para preparar o minifoguete na rampa, instalar o ignitor e disparar o minifoguete
  • Para quem irá procurar minifoguetes, principalmente na Fazenda Canguiri em Pinhais, use bota e roupa para andar em lama e no meio de vegetação 
Quem estiver sem capacete ficará em uma área de segurança mais afastada dos lançamentos do que as pessoas que estarão com capacete.


Informações sobre o IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017) estão disponíveis em

Festival 2017 [38]: RL e SI

Informações gerais sobre as rampas de lançamento (RL) e os sistemas de ignição (SI) que poderão ser usados no IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017):
  • Tanto as RL quanto os SI poderão ser de qualquer tipo e material.
  • Não é obrigatório que a RL tenha um sistema para ajustar o ângulo de lançamento de 80 graus. Durante o IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017), este ângulo será ajustado com calços, se necessário, e será conferido com equipamentos do Grupo de Foguetes Carl Sagan (GFCS)/UFPR.
  • Recomenda-se usar SI autônomos em relação à energia elétrica, isto é, que sejam baseados em pilhas e baterias. No Centro Politécnico teremos energia elétrica de rede relativamente próxima mas será necessário usar extensão elétrica. Já na Fazenda Canguiri não haverá energia elétrica de rede no local de lançamento.
Durante o IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017), para as equipes que precisarem, o GFCS emprestará os seguintes sistemas de ignição:

  • Estes, que usa 4 pilhas AA, tem chave de segurança e condutor elétrico com 9 metros de comprimento. A NAR (National Association of Rocketry, dos Estados Unidos) recomenda usar este SI em minifoguetes com impulso total instalado nos motores de até a classe F (80 N.s).
  • Aerotech com bateria de 12V/7A, tem chave de segurança e condutor elétrico com 100 metros de comprimento.

Durante o  IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017), para as equipes que precisarem, o GFCS emprestará as seguintes rampas de lançamento:
  • Uma RL cuja guia tem 715 mm de comprimento útil e diâmetro máximo de 3,3 mmO minifoguete precisa ter tubo-guia (launch-lug).
  • Uma RL cuja guia tem 920 mm de comprimento útil e diâmetro máximo de 4,0 mmO minifoguete precisa ter tubo-guia (launch-lug).
  • Uma RL de 3 hastes de alumínio com 1000 mm de comprimento útil que permite lançar minifoguetes com diâmetro externo entre 15 e 45 mm. O minifoguete não precisa ter tubo-guia (launch-lug) mas deve ter o maior diâmetro com pelo menos 50 mm de comprimento.
  • Uma RL de 3 hastes de alumínio com 1500 mm de comprimento útil que permite lançar minifoguetes com diâmetro externo entre 15 e 55 mm. O minifoguete não precisa ter tubo-guia (launch-lug) mas deve ter o maior diâmetro com pelo menos 50 mm de comprimento.
As equipes que precisarem de SI e RL fora das especificações acima deverão trazer seus próprios equipamentos para efetuar os lançamentos de seus minifoguetes.


Informações sobre o IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017) estão disponíveis em

quarta-feira, 1 de março de 2017

Edital de convocação para candidatos à Diretoria da BAR

Através dessa postagem ficam convocados todos os interessados e sócios informais da Associação Brasileira de Minifoguetes (BAR) para se candidatarem aos cargos da Diretoria da BAR, que são:

A Diretoria da BAR será composta por:
a) Um presidente.
b) Um vice-presidente.
c) Um secretário.
d) Um tesoureiro.

A Diretoria terá mandato de dois anos, ou até que uma nova Diretoria tome posse.
§ Único. A Diretoria poderá ser reeleita no todo ou em parte.

A Diretoria se reunirá sempre que necessário, convocada por qualquer um de seus membros.

Compete à Diretoria da BAR:
a) Executar atividades visando cumprir a missão e objetivos da BAR.
b) Executar as decisões da Assembleia Geral e do Conselho Deliberativo.
c) Propor ao Conselho Deliberativo o orçamento anual.
d) Avaliar e decidir sobre propostas dos Diretores.
e) Apresentar ao Conselho Deliberativo prestação de contas anual.
f) Aprovar a admissão de novos associados.
g) Convocar reuniões ordinárias da Assembleia Geral.
h) Divulgar aos associados as atividades realizadas pela BAR.
§ Único. Todas as decisões da Diretoria serão tomadas por maioria simples.

Compete ao Presidente da BAR:
a) Propor atividades visando cumprir a missão e objetivos da BAR.
b) Representar a BAR.
c) Definir datas para reuniões da Diretoria, Conselho Deliberativo e Assembleia Geral.
d) Executar ou ordenar a execução das decisões da Diretoria, Conselho Deliberativo e Assembleia Geral.
e) Autorizar o uso de recursos financeiros da BAR.

Compete ao Vice-Presidente da BAR:
a) Substituir o Presidente em suas ausências.
b) Auxiliar o Presidente em suas atribuições.

Compete ao Secretário da BAR:
a) Substituir o Vice-Presidente e o Tesoureiro em suas ausências.
b) Manter correspondência com os associados.
c) Divulgar aos associados as atividades realizadas pela BAR.
d) Manter e organizar os registros dos associados.
e) Secretariar as reuniões da Diretoria, Conselho Deliberativo e Assembleia Geral.
f) Redigir e divulgar atas de reuniões.
g) Manter e organizar registros do patrimônio da BAR.

Compete ao Tesoureiro da BAR:
a) Substituir o Secretário em suas ausências.
b) Arrecadar as contribuições dos associados bem como doações.
c) Manter e organizar registros das contribuições e doações.
d) Manter e organizar registros das despesas.
e) Fazer orçamentos.
f) Executar compras.
g) Propor o orçamento anual da BAR e os valores das contribuições dos associados.

As informações acima sobre a Diretoria da BAR foram extraídas da proposta de Estatuto da Associação Brasileira de Minifoguetes (BAR) que está disponível no seguinte link:
https://drive.google.com/file/d/0BxCmSuIXDboDMXhpZHZpRkVFazQ/view?usp=sharing

Quem tiver interesse em concorrer a um dos 4 cargos acima deverá enviar um e-mail para minifoguete@gmail.com até o dia 3 de abril informando o cargo ao qual pretende concorrer.

Essa atividade é voluntária, sem qualquer remuneração.

Minifoguete VLS decolando; fonte: LAE/GFCS/UFPR

Edital de convocação para Assembleia da BAR

Através dessa postagem ficam convocados todos os interessados e sócios informais da Associação Brasileira de Minifoguetes (BAR) para a sua Assembleia de Constituição formal.

Data: 1 de maio de 2017

Local: auditório da Administração do Setor de Tecnologia, no Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná, na rua Francisco H. dos Santos, 100, Bairro Jardim das Américas, em Curitiba (PR).

Horário: 15:00 horas.

Objetivo: assembleia de constituição formal da Associação Brasileira de Minifoguetes (BAR)

Pauta:
1) Proposta de Estatuto
2) Eleição da Diretoria para os cargos de presidente, vice-presidente, secretário e tesoureiro

A proposta para o Estatuto da Associação Brasileira de Minifoguetes (BAR) está disponível no seguinte link:
https://drive.google.com/file/d/0BxCmSuIXDboDMXhpZHZpRkVFazQ/view?usp=sharing

Festival 2017 [37]: inscrição OBRIGATÓRIA de minifoguete até 31 Mar 2017

Dia 31 Mar 2017 é o prazo limite para inscrever minifoguetes no IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017). 

A equipe que não fizer esta inscrição não poderá realizar o lançamento do seu minifoguete no evento.

Orientações:
  • A inscrição não garante que a equipe poderá realizar o lançamento do seu minifoguete no evento.
  • Os dados da inscrição serão usados para deferir ou indeferir o lançamento do minifoguete no Festival 2017.
  • É necessário uma inscrição para cada categoria na qual a equipe irá competir. Por exemplo, se a equipe for competir nas categorias classe A e apogeu 200 m, deverá fazer duas inscrições.
  • Preencher os dados de um ou dois minifoguetes já lançados. Ou seja, basta enviar os dados de pelo menos um voo do minifoguete a ser inscrito em cada categoria. Recomenda-se dois voos para uma melhor avaliação.
  • Preencher os dados de um minifoguete que a equipe pretende lançar no Festival.
  • Deixar em branco informações desconhecidas ou indisponíveis.
  • Enviar o formulário preenchido para minifoguete@gmail.com até o dia 31 Mar 2017.
  • Serão permitidas atualizações ou acréscimos de informações até o dia 20 Abr 2017, mas apenas para quem fizer a inscrição até 31 Mar 2017. Para isso, enviar um novo formulário de inscrição com todos os dados já inscritos juntamente com as novas informações. Essa complementação de informações também poderá ser feita pelas equipes que tiverem seus pedidos de inscrição indeferidos. Não será cobrada taxa de inscrição para a complementação de informações.


Informações sobre o IV Festival Brasileiro de Minifoguetes (2017) estão disponíveis em

Festival 2017 [52]: imagens