domingo, 17 de setembro de 2017

Festival 2018 [5]: categorias e regras das competições

A seguir são apresentadas as categorias e regras das competições do V Festival Brasileiro de Minifoguetes (2018).

Comissão de Eventos da BAR

Categorias e Regras das Competições
(atualizado em 17 Set 2017)

Tabela 1. Definição das categorias e seus objetivos do Festival-2018

Categoria
Objetivo
Nível de ensino
Tipo de categoria
Limite de lançamentos
Fundamental
Tempo de voo total de 7 s
Fundamental
Tempo exato
     5
H50-médio
Apogeu de 50 m
Médio
Apogeu exato
     5
H50
Apogeu de 50 m
Livre
Apogeu exato
    10
H100
Apogeu de 100 m
Livre
Apogeu exato
    10
H200
Apogeu de 200 m
Livre
Apogeu exato
    10
H500
Apogeu de 500 m
Livre
Apogeu exato
    10
H1k
Apogeu de 1000 m
Livre
Apogeu exato
    10

1) Definição das categorias, objetivos e regras gerais:

1) As categorias do V Festival Brasileiro de Minifoguetes estão definidas na tabela 1, bem como os respectivos níveis de ensino dos membros de cada equipe, o tipo e objetivo de cada categoria. Também é apresentado o número máximo de lançamentos que serão feitos em cada categoria.
2) Em cada categoria do tipo apogeu exato, o vencedor será a equipe cujo minifoguete atingir o apogeu mais próximo do apogeu especificado no objetivo. Na categoria Fundamental, o vencedor será a equipe cujo tempo de voo total do minifoguete for o mais próximo do tempo de 7 segundos.
3) A tabela 2 apresenta para cada categoria o recorde brasileiro atual e o intervalo válido para premiação.

Tabela 2. Intervalos válidos para premiação em cada categoria do Festival-2018

Categoria
Recorde brasileiro
Intervalo válido para premiação
Fundamental
    sem
    5,00 a    9,00 s
H50-médio
    sem
   20    a   80 m
H50
     50 m
   35    a   65 m
H100
    103 m
   70    a  130 m
H200
    200 m
  140    a  260 m
H500
    506 m
  350    a  650 m
H1k
   1126 m
  700    a 1066 m
Recordes brasileiros atualizados em 13 Set 2017

4) Os minifoguetes deverão ser lançados verticalmente.
5) Cada equipe poderá tentar até duas vezes ignitar o motor de cada minifoguete em cada categoria. Caso não consiga ignitar, deverá substituir o motor e/ou minifoguete e poderá fazer uma nova e última (terceira) tentativa de ignitar o motor.
6) Cada equipe poderá lançar um minifoguete em cada categoria. Um mesmo grupo de foguetes só poderá participar com uma equipe em cada categoria. Entende-se por grupo de foguetes o conjunto formado por uma ou mais equipes de foguetes que têm o mesmo líder, instituição ou laboratório.
7) Cada equipe será responsável por encontrar o seu minifoguete após o voo.
8) Método para determinar o apogeu: altímetro eletrônico a bordo que registre a trajetória desde o lançamento até a caracterização do apogeu alcançado; não serão aceitos altímetros que só registram o apogeu.
9) Nas categorias do tipo apogeu exato, cada equipe deverá usar obrigatoriamente em seu minifoguete um altímetro fornecido pela Organização do Festival. Juntamente poderá incluir um ou mais altímetros da própria equipe, comerciais e/ou caseiros. Se o altímetro da Organização do Festival for perdido ou danificado, a equipe terá que devolver outro igual.
10) Nas categorias do tipo apogeu exato, o resultado oficial do voo será o do altímetro da Organização do Festival. Caso este apresente algum tipo de defeito, a critério da Organização do Festival, será aceito o resultado de outro altímetro no minifoguete, desde que do tipo comercial.
11) Nas categorias do tipo apogeu exato, se por qualquer motivo não puder ser lido o apogeu de um altímetro, o valor será considerado nulo. Apenas com a finalidade de classificar os resultados de cada categoria, poderá ser usada uma estimativa visual do apogeu, sem validade para premiação.
12) As três equipes com os melhores resultados em cada categoria serão premiadas com um certificado e troféu, desde que o resultado do minifoguete esteja no intervalo válido da respectiva categoria na qual concorre, conforme indicado na tabela 2.
13) Método para determinar o tempo de voo total: 3 ou 4 cronômetros baseados em solo e operados manualmente por membros da Organização do Festival. O resultado oficial será a média dos 2 cronômetros com resultados mais próximos, desde que a diferença individual deles para a média seja menor ou igual a 5%; caso contrário, o resultado não será válido para premiação.

2) Regras sobre as equipes:

1) Cada equipe deverá fazer a sua inscrição no prazo estipulado pela Organização do Festival, pagando uma taxa por equipe. O valor pago não será devolvido no caso de desistência da equipe ou indeferimento da inscrição.
2) Para as categorias H50, H100, H200, H500 e H1k, não há qualquer restrição sobre as equipes das competições em relação ao número de membros, nível de escolaridade (estudante ou não estudante), curso, instituição, idade etc; inclusive, uma equipe poderá ser constituída por uma única pessoa.
3) Na categoria H50-médio, todos os membros da equipe (exceto os orientadores) deverão estar cursando o ensino médio ou terem concluído o ensino médio em 2017.
4) Na categoria Fundamental, todos os membros da equipe (exceto os orientadores) deverão estar cursando o ensino fundamental ou terem concluído o ensino fundamental em 2017.
5) Não há limite no número de equipes de uma mesma instituição de ensino, nem quanto à sua constituição, se de um ou mais cursos.
6) Uma mesma equipe poderá participar das categorias que quiser, entre uma e todas, desde que não haja conflito com as normas anteriores.
7) Cada equipe terá que arcar com as suas despesas de viagem, hospedagem, transporte e alimentação durante o evento.
8) Cada membro de equipe menor de 18 anos deverá apresentar uma autorização de seus responsáveis, que permita participar das competições.
9) Cada participante terá que assinar uma declaração na qual se responsabilizará por qualquer dano causado por seus minifoguetes e sua participação no evento.
10) Nos locais do evento, ninguém poderá fumar, consumir bebida alcoólica ou substâncias proibidas.
11) Cada equipe deverá fazer a inscrição de seus membros no prazo estipulado pela Organização do Festival, pagando uma taxa por membro. Os valores pagos não serão devolvidos no caso de desistência da equipe inteira ou de parte da equipe ou indeferimento da inscrição.

3) Regras sobre os motores-foguete:

1) A tabela 3 especifica o tipo de motor que poderá ser usado em cada categoria em relação à sua fabricação, se comercial (industrializado, vendido por empresas) ou não comercial (fabricado pela própria equipe, desenvolvimento próprio, artesanal ou experimental).
2) A tabela 3 também especifica a classe máxima de motor que poderá ser usado em cada categoria, conforme a classificação de motores da NAR (National Association of Rocketry).

Tabela 3. Tipo de motor e classe por categoria do Festival-2018

Categoria
Tipo de motor
Motor-limite
Fundamental
Comercial
Classe ½A
H50-médio
Comercial
Classe A
H50
Comercial
Classe A
H100
Comercial
Classe B
H200
Comercial ou não comercial
Classe E
H500
Não comercial
Classe I
H1k
Não comercial
Classe J

3) Poderão ser usados motores-foguete com qualquer tipo de propelente, desde que não seja tóxico. Por exemplo, podem ser usados nitratos/açúcar e pólvora negra.
4) Poderão ser usados motores-foguete fabricados no Brasil ou no exterior.
5) Poderão ser usados motores-foguete constituídos por qualquer tipo de material.
6) Quantidade de motores em cada minifoguete: um.
7) Quantidade de estágios em cada minifoguete: um.
8) No caso de motor não comercial, ele deverá ter sido desenvolvido pela própria equipe. Não será permitido que uma equipe use motor não comercial de outra equipe, com ou sem permissão desta; se isso for constatado a qualquer tempo, a equipe será desclassificada.
9) Para cada categoria, no caso de motor não comercial, a equipe deverá fazer a inscrição do seu motor no prazo estipulado pela Organização do Festival, pagando uma taxa. O valor pago não será devolvido no caso de desistência da equipe ou indeferimento da inscrição. Com base nesta inscrição, poderá ser indeferido o uso do motor no evento, por ser considerado inseguro. É recomendado que sejam feitos no mínimo três testes do motor antes do evento; os dados e resultados serão solicitados na inscrição do motor, bem como os dados do motor a ser usado no evento.

4) Regras sobre os minifoguetes:

1) Cada equipe deverá projetar e fabricar ou montar os seus minifoguetes.
2) Cada equipe terá que arcar com as despesas de desenvolvimento e testes de seus minifoguetes.
3) Poderão ser usados minifoguetes constituídos por qualquer tipo de material.
4) Exceto na categoria Fundamental, é obrigatório que cada minifoguete tenha algum sistema de recuperação por paraquedas, fita etc para reduzir a velocidade de queda do minifoguete e permitir que ele seja visível durante a queda, evite acidentes e não danifique o altímetro a bordo. Logo após a sua recuperação, o minifoguete deverá estar em condições (sua estrutura) para ser relançado; admite-se exceção em relação às empenas.
5) Cada equipe será responsável pelo lançamento dos seus minifoguetes, com sua própria rampa de lançamento e sistema de ignição. Sob pedido, a Organização do Festival poderá emprestar as suas rampas de lançamento e sistemas de ignição.
6) O sistema de ignição não poderá ser pirotécnico ou automático. O lançamento do minifoguete deverá ser controlado pelo ignitista. A ignição terá que ser elétrica.
7) Depois de pronto em sua rampa de lançamento, o minifoguete deverá estar preparado para suportar uma espera de até uma hora para ter autorização para o seu lançamento, sem qualquer intervenção da equipe.
8) O projeto do minifoguete deverá ser de autoria de cada equipe. Não será permitido que uma equipe use o projeto de outra equipe, com ou sem permissão desta; se isso for constatado a qualquer tempo, a equipe será desclassificada.
9) Para cada categoria, a equipe deverá fazer a inscrição do seu minifoguete no prazo estipulado pela Organização do Festival, pagando uma taxa. O valor pago não será devolvido no caso de desistência da equipe ou indeferimento da inscrição. Com base nesta inscrição, poderá ser indeferido o uso do minifoguete no evento, por ser considerado inseguro. É recomendado que sejam feitos no mínimo dois voos-teste antes do evento; os dados e resultados serão solicitados na inscrição do minifoguete, bem como os dados do minifoguete a ser usado no evento.
10) Desde que sejam atendidas as restrições acima, as equipes têm liberdade para fabricar e montar os seus minifoguetes da forma que quiserem, usando componentes ou kits comerciais ou de fabricação própria, importados ou nacionais.

5) Locais a serem realizados os lançamentos dos minifoguetes:

1) Centro Politécnico da UFPR, campo de futebol 1 do CED, em Curitiba (PR). Altitude: 910 ± 2 m.

2) Fazenda Canguiri da UFPR, NITA, em Pinhais (PR). Altitude: 910 ± 5 m.

Dependendo da direção do vento, o local exato de lançamento poderá variar dentro de um raio de 50 m no Centro Politécnico e 500 m na Fazenda Canguiri em relação às coordenadas informadas acima.

6) Disposições finais:

1) Por motivo de força maior, para aumentar a segurança dos participantes ou para maior clareza, as regras acima poderão ser alteradas a qualquer momento pela Organização do Festival.
2) Também integram as regras do Festival 2018: o protocolo para lançamento de espaçomodelos; o protocolo para lançamento de minifoguetes experimentais; e as regras de pontuação para inscrição e autorização de lançamento. Todas serão divulgadas em breve.
3) O Festival não é um evento para testes. O Festival é um evento para exibição dos melhores minifoguetes brasileiros!
4) Casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Eventos da BAR.
5) Qualquer pessoa ou equipe/grupo de foguetes pode propor alterações justificadas sobre essas regras que serão analisadas pela Comissão de Eventos da BAR.

7) Informações sobre o evento:       



Facebook do evento: https://www.facebook.com/groups/minifoguete/ (peça a sua inclusão no grupo)

Grupo do evento no WhatsApp: Festival de Minifoguetes (peça a sua inclusão no grupo)





Festival 2018 [4]: prazos e taxas de inscrição e pontos

A seguir são apresentados os prazos e taxas de inscrição e pontos do V Festival Brasileiro de Minifoguetes (2018).

Comissão de Eventos da BAR

Prazos e Taxas de Inscrição e Pontos
(atualizado em 17 Set 2017)

Inscrição de EQUIPE
·       Até 10 Out 2017: abertura das inscrições com a divulgação do formulário
·       Até 31 Out 2017: R$ 50 por equipe (25 pontos)
·       Até 31 Dez 2017: R$ 60 por equipe (20 pontos)
·       Até 28 Fev 2018: R$ 70 por equipe (15 pontos)
·       Até 31 Mar 2018: R$ 80 por equipe (10 pontos)

Inscrição de MEMBROS DE EQUIPE
·       Até 10 Nov 2017: abertura das inscrições com a divulgação do formulário
·       Até 30 Nov 2017: R$ 30 por membro da equipe (25 pontos)
·       Até 31 Jan 2018: R$ 40 por membro da equipe (20 pontos)
·       Até 31 Mar 2018: R$ 50 por membro da equipe (15 pontos)
Sócios da BAR (Associação Brasileira de Minifoguetes) estão isentos dessa taxa.

Inscrição de ESPECTADORES
·       Até 10 Nov 2017: abertura das inscrições com a divulgação do formulário
·       Até 30 Nov 2017: R$ 30 por espectador
·       Até 31 Jan 2018: R$ 40 por espectador
·       Até 31 Mar 2018: R$ 50 por espectador
Sócios da BAR (Associação Brasileira de Minifoguetes) estão isentos dessa taxa.

Inscrição de MOTOR-FOGUETE
·       Até 10 Dez 2017: abertura das inscrições com a divulgação do formulário
·       Até 31 Dez 2017: R$ 50 por categoria (100 pontos por teste estático bem-sucedido)
·       Até 31 Jan 2018: R$ 60 por categoria (90 pontos por teste estático bem-sucedido)
·       Até 28 Fev 2018: R$ 70 por categoria (80 pontos por teste estático bem-sucedido)
·       Até 31 Mar 2018: R$ 80 por categoria (70 pontos por teste estático bem-sucedido)
Essa inscrição só é necessária para motores não comerciais.

Inscrição de MINIFOGUETE
·       Até 10 Dez 2017: abertura das inscrições com a divulgação do formulário
·       Até 31 Dez 2017: R$ 50 por categoria (100 pontos por voo-teste bem-sucedido)
·       Até 31 Jan 2018: R$ 60 por categoria (90 pontos por voo-teste bem-sucedido)
·       Até 28 Fev 2018: R$ 70 por categoria (80 pontos por voo-teste bem-sucedido)
·       Até 31 Mar 2018: R$ 80 por categoria (70 pontos por voo-teste bem-sucedido)

V Festival Brasileiro de Minifoguetes (2018)
·       28 Abr a 1º Mai 2018 nas cidades de Curitiba e Pinhais (PR)

OBSERVAÇÕES
· Para equipes do ensino médio e fundamental, os valores serão metade daqueles mencionados acima.
· Os pontos mencionados acima serão usados para classificar os minifoguetes em cada categoria visando definir a ordem de lançamento e os minifoguetes que terão autorização para lançamento no evento.
· Nos formulários serão fornecidos detalhes sobre o objetivo de cada taxa, os benefícios correspondentes, formas de pagamento e outras informações.
· As datas acima referem-se à data efetiva da inscrição que será a data de recebimento do pagamento e do respectivo formulário de inscrição.
· Havendo reinscrição: as taxas (relativas às alterações) e pontos serão considerados na data da última inscrição; e inscrições anteriores serão desconsideradas.


Festival 2018 [3]: programa preliminar

Segue a primeira versão do Programa do V Festival Brasileiro de Minifoguetes (2018).



Comissão de Eventos da BAR

Programa preliminar
(atualizado em 17 Set 2017)

Dia 28 de abril de 2018 (sábado)

local: Centro Politécnico da UFPR, em Curitiba

·      8:00−9:00 h: abertura do evento, apresentação da comissão organizadora, esclarecimento de dúvidas sobre as regras e os protocolos de lançamento etc
·      9:30−11:30 h: minicursos
·      9:30−11:30 h: apresentação, fotos e vídeo de cada equipe e seus minifoguetes
·      11:30−13:30 h: almoço
·      13:30−18:30 h: lançamentos de minifoguetes das categorias H50, Fundamental, H50-médio e  H100.
·      18:30−20:00 h: jantar
·      20:00−22:00 h: minicursos

Dia 29 de abril de 2018 (domingo)

local: Fazenda Canguiri da UFPR, em Pinhais

·      9:00−12:00 h: lançamentos de minifoguetes das categorias H200 e H500
·      12:00−13:30 h: almoço
·      13:30−17:30 h: lançamentos de minifoguetes das categorias H500 e H1000

local: Centro Politécnico da UFPR, em Curitiba

·      19:00−20:00 h: jantar
·      20:00−22:00 h: minicursos

Dia 30 de abril de 2018 (segunda-feira)

local: Centro Politécnico da UFPR, em Curitiba

·      09:30−11:30 h: minicursos
·      11:30−13:30 h: almoço
·      13:30−14:00 h: fotos e vídeo de todos os participantes juntos
·      14:00−15:00  h: premiações
·      15:00−16:00  h: assembleia da BAR

Dia 1º de maio de 2018 (terça-feira) [feriado nacional]

Dia reservado para executar parte da programação que não for possível nos dias anteriores.

Observações

1) A programação acima poderá ser alterada se nos dias 28 e/ou 29 de abril não for possível realizar todos os lançamentos previstos.
2) A ordem de lançamento das categorias e das equipes será definida com base nos protocolos de lançamento.
3) Avisos sobre alterações do programa durante o evento serão postados no blog do evento e nos grupos do evento no WhatsApp e Facebook bem como informados durante o evento.
4) Peça o seu cadastro nos grupos do evento no WhatsApp e Facebook.


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Recordes brasileiros de minifoguetes [13 Set 2017]


Recordes Brasileiros de Minifoguetes

comprovados com altímetro a bordo

11ª edição: 13 de setembro de 2017 (resumo)

Novos recordes: classes 1¤8A e G

Este documento apresenta os recordes brasileiros relacionados a minifoguetes, registrados pela Associação Brasileira de Minifoguetes ou Brazilian Association of Rocketry (BAR). Inclui os recordes obtidos nos Festivais de Minifoguetes.

Apogeu máximo para minifoguete com um único motor em cada classe/categoria

Categoria
Recorde (m)
Data
Minifoguete
Equipe
NAR (m)
Classe 1¤8A
    49
23 Jul 2017
LAE-99
LAE-1¤8A/UFPR

Classe 1¤4A
   113
17 Dez 2016
LAE-89
LAE-1¤4A/UFPR
   62
Classe 1¤2A
   136
29 Abr 2017
LAE-115
LAE-1¤2A/UFPR
  151
Classe A
   185
17 Dez 2016
LAE-92
LAE-A/UFPR
  313
Classe B
   336
12 Dez 2015
Gama-13
Gama/UFPR
  484
Classe C
   423
19 Abr 2015
Gama-10
Gama/UFPR
  508
Classe D
   402
30 Abr 2017
Águia Real
Greave/UP
  856
Classe E
   723
08 Ago 2015
Épsilon-8
Épsilon/UFPR
 1359
Classe F
   370
19 Dez 2015
Netuno-R/Paraná-I
LAE/UFPR
 1701
Classe G
   804
07 Set 2017
Netuno-R-b/Paraná-VIIb
Gralha Azul (UFPR-UP-UTFPR)
 2071
NAR: National Association of Rocketry (Estados Unidos) [recordes acessados em 5 Jun 2017, www.nar.org]

Apogeu exato para minifoguete com um único motor de qualquer classe

Categoria
Recorde (m)
erro (m)
Data
Minifoguete
Equipe
   50 m
    50
     0
19 Nov 2016
LAE-85
LAE-50/UFPR
   75 m
    73
    -2
19 Nov 2016
Altair-I
LAE-pós/TM-273/UFPR
  100 m
   103
     3
19 Nov 2016
LAE-84
LAE-100/UFPR
  150 m
   159
     9
12 Abr 2014
LAE-22
UFPR-Fixo
  200 m
   200
     0
23 Mar 2017
LAE-109
LAE-200/UFPR
  400 m
   406
     6
14 Dez 2014
Épsilon-1
Épsilon/UFPR
  500 m
   506
     6
18 Abr 2017
Durango-2
GFT/UTFPR-FB
  800 m
   626
   174
19 Abr 2015
Épsilon-9
Épsilon/UFPR
 1000 m
  1126
   126
21 Mar 2017
Boitatá HI
UFABC RD
 1500 m





 2000 m





 3000 m
  2386
  -614
24 Jun 2017
RD-07
ITA RD
 5000 m







Observações:
1) Os recordes da NAR servem de referência aos brasileiros.
2) Os pedidos de registro de novos recordes podem ser feitos por qualquer pessoa ou equipe do Brasil, de estudantes de qualquer nível ou não estudantes, equipes mistas, não havendo nenhum tipo de restrição.
3) Só serão aceitos recordes estabelecidos por brasileiros.
4) Pedidos de registro de novos recordes devem ser enviados para minifoguete@gmail.com, junto com os dados do novo recorde. Para um recorde ser reconhecido, talvez sejam solicitadas informações adicionais.
5) Só serão reconhecidos recordes obtidos com altímetro a bordo que registre a trajetória pelo menos até o apogeu. Todos os dados obtidos pelo altímetro durante o voo deverão ser enviados para o registro.
6) Qualquer dúvida e proposta de novas categorias poderão ser enviadas para minifoguete@gmail.com.

Carlos Henrique Marchi

Presidente
Associação Brasileira de Minifoguetes
Brazilian Association of Rocketry (BAR)


O minifoguete Netuno-R-Beta/Paraná-VIIb (Gralha Azul) em sua rampa de lançamento.
Novo recordista brasileiro com motor da classe G.

Lançamento do minifoguete Netuno-R-Beta/Paraná-VIIb (Gralha Azul) em 7 Set 2017.

Componentes do minifoguete Netuno-R-Beta/Paraná-VIIb (Gralha Azul).